Trocas e baldrocas

O NQL nomeou um novo vice-presidente para a FPR para substituir os dois que saíram nos últimos meses. Dr. Jekyll diz que Rascão Marques, apesar de estar requisitado na FPR, continua a cumprir as boas regras do funcionalismo público: apenas uma entrada por cada duas saídas. Mr. Hyde pede é que não se esqueça de pagar a reposição dos seus salários às finanças antes que penhorem a loira, o único activo da FPR por quem valeria a pena enfrentar a insolvência.
Dr. Jekyll diz que é bom haver renovação das equipas, a bem do remo nacional. Mr. Hyde diz que a renovação não chega aos 100% porque o Presidente se mantém no cargo, tantas foram as trocas e baldrocas durante os últimos anos e que nunca foram comunicadas aos clubes, como se fez agora. Agradece a prova de respeito pelos associados e tem pena de muita informação só se saber quando isso interessa ao Presidente. Ou quando o anatomia descobre…
Dr. Jekyll diz que tudo tem sido feito dentro da mais elementar legalidade. Mr. Hyde interroga-se se esta nomeação está dentro dos estatutos, já que se a direcção foi eleita com base nos antigos estatutos (por lista) não se pode agora cooptar directores de acordo com os novos estatutos enquanto não houver eleições de acordo com estes últimos. Desconfia que as leis são para cumprir na íntegra e não só os artigos que interessam.
Dr. Jekyll diz que isso é um preciosismo, a FPR precisa é de pessoas com dinâmica para elevar o remo nacional, ainda que tenham promovido estágios dos seus clubes em Avis, local muito mal frequentado onde só entram remadores de topo. Mr. Hyde diz que preciosismo é dizer aos clubes que não há penhoras quando a FPR até já tinha recebido os ofícios para entregar as chaves das viaturas…

2 Responses to “Trocas e baldrocas”


  1. 1 Veterano 24/04/2011 às 22:54

    Sendo a loira é um activo, aceitam-se candidatos a passivos…
    E as penhoras não se ficam só pelas finanças. Acrescem às penhoras as 6 acções judiciais para cobraça coerciva intentadas contra a FPR num valor superior a 160.000 €.
    A Troika já convocou o FEEF e o FMI para elaborar estudo de viabilidade.
    E siga a dança.

  2. 2 Homem do Norte 27/04/2011 às 11:22

    160.000 + 82.000, se não me engano são 242.000 já em execução.

    Já só falta entrar em execução 888.000 euros até aos 1.030.000 de euros da dívida total.

    Senhores. Isto vai botar tudo ao fundo.

    E quem vai pagar tudo isto, quem é?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: