Fiódor Dostoiévski

Vale a pena recapitular um post de há alguns meses, que agora deu direito a crime e castigo.
Como apenas um dos “castigados” é do Norte, já imaginam a autoria do famoso e-mail que o anatomia do remo postou em rigoroso exclusivo nacional. Os nossos dissecadores sabem que o signatário ainda não cumpriu a promessa, mas como o homem não é político nem presidente de federação desportiva têm a esperança de a ver cumprida, satisfazendo os desejos mais recônditos da maioria dos agentes do remo nacional…

12 Responses to “Fiódor Dostoiévski”


  1. 1 Estevao 04/10/2010 às 9:16

    Eu nao consigo é encontrar os Órgãos de Justiça e Disciplinares no site da FPR…

  2. 2 Centrista 04/10/2010 às 19:17

    Estêvão:

    Aqui vão os nomes da pandilha:

    CONSELHO DE JUSTIÇA
    Dr. Alcídio Manuel Martins Mateus Ferreira – PRESIDENTE – COIMBRA
    Dr. Manuel Fernando Rascão Marques – CONSELHEIRO – FIG. FOZ
    Dr. Alcídio Manuel de Frazão Rodrigues Mateus Pereira – CONSELHEIRO – COIMBRA
    Dr.ª Susana Cardoso – SUPLENTE – COIMBRA
    Dr. João Pedro Lopes – SUPLENTE – CANTANHEDE

    CONSELHO DE DISCIPLINA
    Dr. Frederico Jorge – PRESIDENTE – POMBAL
    Dr. Tiago Castelo Branco – CONSELHEIRO – FIGUEIRA DA FOZ
    Dr. Bruno Rafael Henriques Alves dos Santos – CONSELHEIRO – POMBAL
    Dr.ª Edna Salgueiro – CONSELHEIRO – POMBAL
    Eng. Alexandre Nuno Marques da Silva – SUPLENTE – COIMBRA

    http://www.remoportugal.pt/Federa%C3%A7%C3%A3o/Org%C3%A3osSociais/tabid/57/Default.aspx

    Como vês, só doutores e engenheiros, só gente “geograficamente” de confiança. Grande parte deles de lugares onde o Remo é uma referência no panorama desportivo nacional, como Pombal e Cantanhede.

    Além disso são sumidades em matéria de remo. A maior parte putos imberbes ainda com os fundos calças roçados pelos bancos da escola.

    E são estes gajos e julgam e condenam pessoas com uma vida em prol do Remo.

    Como foram eles que fizeram aqueles parecres ditos “jurídicos” que envergonhariam qualquer jurísta digno desse nome. Umas cretinices de encomenda do benfeitor Rascão e João Gouveia.

    Mas siga a dança. Culpa, culpa têm os dirigentes dos clubes que só viram o seu interesse não olhando ao que podiam fazer ao Remo.

    Esperemos para ver como tudo isto acaba!

  3. 3 Jose Mateus 04/10/2010 às 21:43

    Do mesmo Autor russo prefiro O JOGADOR.

    Retrata este as ambições, modos e comportamentos de seres de carater rastejante e cretino, pois vivem constantemente a tentar por-se em bicos de pés e tentando afastar aqueles que demonstram ter coluna vertebral (disse-me um amigo).

    Ora, está comprovado que este comportamento desviante deriva tambem de traumas infantis, quando sobretudo em crianças foram tratados como Portugueses de 2ª.

    Tambem gostam de actuar tipo manada.

    Mas quanto a literatura recomendo A CRONICA DOS BONS MALANDROS.

  4. 4 Estevao 05/10/2010 às 7:26

    Boas, isso eu sei encontrar. Nao encontro é o menu Federação -> Órgãos de Justiça e Disciplinares para ver os tais processos disciplinares

  5. 5 Centrista 05/10/2010 às 22:46

    AHHHH! Isso? Não há! É que na NESTA Federação tudo pessa pelo todo poderoso Presidente.

    Quem manda ali é o Presidente! Os órgãos de justiça e disciplina fazem o que ele manda e mais nada!

    Não foi o que acontecu nos recursos quando da eleições?

  6. 6 Centrista 05/10/2010 às 22:47

    Concordo Mateus: A CRÓNICA DOS BONS MALANDROS serve que nem uma luva.

  7. 8 Centrista 05/10/2010 às 23:00

    Do autor,eu prefiro O IDIOTA.

    Par nada de especial! Faz-me lembrar um presidente de uma federação qq de remo!

  8. 9 Hugo Madureira 09/10/2010 às 1:07

    os resumos dos “veredictos” dos processos disciplinares estão em “Federação->Documentos Oficiais->Orgãos de Justiça e Disciplina” … o que é curioso é que falam da “infracção disciplinar grave prevista no nº 34, alínea e) do Regulamento Disciplinar da FPR, quando o único nº 34 que aparece no dito regulamento diz o seguinte:
    “Artigo 34º
    (Da Pena de Indemnização de Clubes, Associações ou outras Entidades Desportivas)
    1. Quando condenados a pagar uma indemnização, esta deverá ser paga no prazo de quinze dias contados a partir da data da respectiva notificação para o efeito.
    2. A falta de pagamento de indemnização no prazo indicado no número anterior terá as consequências previstas no artigo 24º.”

    … nem sequer tem alíneas! Mim confuso, mim não entender nada!

  9. 10 UZADO 11/10/2010 às 22:16

    Este regulamento disponível no sitio é de 2010(O presente Regulamento foi aprovado em Reunião de Direcção de 26-06-2010, entrando em vigor em 28-06-2010).
    Mas no regulamento em vigor á data das infracções (2009 como se pode extrair do nº do processo)pode ler-se:
    Capítulo IV
    Das Faltas Disciplinares
    Artº. 34º
    (Faltas Disciplinares Leves, Graves e Muito Graves)
    São especialmente punidas as seguintes faltas disciplinares:
    a) Não cumprimento dos deveres …….;
    b) Protesto não regulamentar;
    c) Atitude incorrecta;
    d) Publicidade fora …… regulamento;
    e) Uso de expressões, entrevistas, desenhos, gestos, de carácter injurioso,
    difamatório ou calunioso;
    f) Uso de expressões ou gestos ameaçadores, ou que traduzam tentativa de
    agressão, ou sejam reveladores de indignidade;
    ……..

    Ora agora pergunto eu:
    – Quando se cometem duas infracções graves e o arguido é condenado em 35 dias e uma só infracção grave cometida traduz-se em 45, não compensará dizer que se dá e dar logo?

    Ou será que trocaram as penas com os nomes?

    Mas dá que pensar não dá?

    1. As penas são determinadas por lei ou regulamento vigentes no momento da prática do facto.
    2. O facto considera-se praticado no momento em que a Entidade ou o Agente Desportivo actuou ou, no caso de omissão, deveria ter actuado, independentemente do momento em que o resultado típico se tenha produzido.

  10. 11 UZADO 11/10/2010 às 22:35

    Faltava isto á bocado para vermos como os regulamentos são antigos e desprezados ( sim porque os escudos já acabaram em 2000).

    Artº. 36º
    (Tipo de infracções e suas penas)
    1. As faltas previstas nas alíneas a), b) e c) do artigo 34º são consideradas faltas ou infracções leves …………
    2. As faltas previstas nas alíneas d), e), f) e h) do artigo 34º são consideradas faltas graves e a prática de qualquer uma delas será punida com multa de 10.000$00 (dez mil escudos) a 100.000$00 (cem mil escudos) e/ou indemnização, ou suspensão de trinta e um dias a um ano.
    ……..

    Haja Feno

  11. 12 Pedro Ramos 12/10/2010 às 0:15

    Sendo um dos directamente visados, tenho a comunicar-vos que tomei conhecimento, hoje, pela primeira vez, quer do alegado processo disciplinar (tirando o facto de ter sabido pela FISA que estaria sob a alçada disciplinar) e da pena, através de um telefonema que alguém teve a amabilidade de me fazer (não menciono o nome, não vá essa pessoa ter um processo disciplinar por me telefonar).
    Para que conste, nunca fui notificado de coisa alguma. Nem da queixa, nem da instrução do processo, nem de qualquer diligência, nem, claro está, da sanção. Isto partindo do princípio que é a mim que se referem, uma vez que, a ser assim, nem no nome conseguem acertar.
    Não sei do que me acusam, nem quando. Atendendo a que, segundo a dita “Decisão – Resumido” (sic) (será que esta gente nem nos géneros consegue acertar?), o José Mateus e eu somos acusados no mesmo processo disciplinar, instaurado ainda com o anterior Regulamento Disciplinar em vigor, constata-se que, no que a mim me diz respeito, dão como provado que infringi a alínea e) do Artº 34º, ou seja, isto: “e) Uso de expressões, entrevistas, desenhos, gestos, de carácter injurioso, difamatório ou calunioso;”.
    Já quanto ao José Mateus, dão como provado que ele infringiu as alíneas e) e f), ou seja, além da anterior, mais esta: “f) Uso de expressões ou gestos ameaçadores, ou que traduzam tentativa de agressão, ou sejam reveladores
    de indignidade;”.
    Ou seja, eu teria infringido uma, o José Mateus duas. E, como o processo é o mesmo, manda a lógica (será demais julgar que ela se aplica?) que o tenhamos feito em conjunto. O pequeno senão é que, tirando as Assembleias Gerais que aprovaram os Estatutos, não temos estado juntos em nada relacionado com o remo nestes últimos dois anos (ou quase).
    Mas, pronto, também que interessa isso? Pormenores, lá estou eu a ser picuinhas outra vez. A verdade é que alguns senhores entendem que eu cometi uma infracção e o José Mateus cometeu duas, e isso é que interessa.
    Coitado do José Mateus, se eu com uma infracção sou suspenso por 45 (sim, quarenta e cinco) dias, nem quero ver por quanto tempo é que ele é suspenso.
    Ahhhh, mas afinal o José Mateus é suspenso só por 35 (sim, trinta e cinco) dias.
    Agora estou baralhado … 1 infracção=>suspensão de 45 dias e 2 infracções=>suspensão de 35 dias? Deve ser um desconto de quantidade. Tenho que me lembrar para, da próxima vez que alguém quiser inventar que cometi alguma infracção disciplinar, que diga logo que violei não uma, mas dez alíneas. É que, com a taxa de desconto a dez dias por cada alínea, assim ainda recupero os 45 dias desta.
    Espero que os amigos norte-coreanos estejam de olhos no NQL. É que, ao pé dele, o querido líder deles ainda tem muito que aprender …


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: