Reclamação europeia

Chegou ao mail dos nossos dissecadores uma pequena história deste Europeu, que publicam no âmbito da sua obrigação de Serviço Público. Parece que um árbitro internacional português, suspenso preventivamente pela FPR no decorrer de um processo disciplinar, foi assistir ao Europeu. Quis pagar com cartão (não era da APAR, era mesmo multibanco) e não havia maquineta. Vai daí lembra-se de pedir livro de reclamações, direito que assiste a qualquer consumidor. O problema é que a comissão organizadora nunca pensou que alguma coisa podia correr mal num evento tanto e tão bem pensado!
Infelizmente, as boas relações entre o dito árbitro internacional e o mais internacional dos presidentes de Federação portugueses (estamos a falar de namoradas…) não foram suficientes e a GNR foi chamada a registar a ocorrência. A multa há-de vir mais tarde, mas o NQL poder-se-á defender dizendo que o remo não é um produto para consumo de massas, até porque as bancadas só estavam a meia capacidade, já incluíndo os atletas e treinadores credenciados, golpistas e outros quejandos!
Dr. Jekyll & Mr. Hyde esperam que não seja por causa desta coima que a FPR não paga os subsídios da época que já acabou há 352 dias…

Advertisements

2 Responses to “Reclamação europeia”


  1. 1 errata 19/09/2010 às 10:48

    pelo que me chegou aos ouvidos a GNR aparecer para deter esse arbitro. segundo fontes da guarda nacional republicana “o sr pareceu suspeito. o agente ficou com a ideia que levava algo debaixo da camisa e poderia ser contrabando ou ate mesmo um membro da ETA carregadinho de explosivos”. Mais tarde veio a confirmar se que o sr arbitro internacional estava inocente e apenas levava a sua barriga debaixo da camisa pelo que ja se encontra em liberdade.

  2. 2 Homem do Norte 20/09/2010 às 10:02

    Ao que o Remo chegou! E onde parará? Já tivemos a GNR num nacional para deter o malvados dos árbitros que teimavam em cumprir os regulamentos. Já temos processos em tribunal com dirigentes de associações de classe não amigas. Já temos processos disciplinares a árbitros. Agora temos a GNR na bilheteira do CE.
    Este é o ambiente de guerrilha que se instalou na modalidade. O resultado das patranhas de uma pessoa cujo ego supera em muito a sua pequenez física, intelectual e moral.

    Isto só pode ter um mau fim. Porque tudo começa e tudo acaba.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: