Bilhetes esgotados para os U2

Dr. Jekyll informa que a mais participada AG de Novembro teve os seguintes participantes:

Clubes: 10
APPACDM Soure
ANLisboa
ADCJCerveira
CFerroviários de Portugal
CNSetubalense
Ginásio Figueirense
ANDPortus Cale
RCFluvial Portuense
SCCaminhense
SRSegadanense

e ainda
ANTRemo
Vitória Lima – representante dos atletas femininos (eleita com 1 voto)
Júlio Amândio – representante dos treinadores de Grau 1 (eleito com 1 voto)
Jorge Mendes – representante dos treinadores de Grau 4 (eleito com 1 voto)

Mr. Hyde diz, resumindo, que o remo nacional cabe em:
– 1 carrinha de 9 lugares e um carro de 5 lugares
– 3 carros de 5 lugares
– 2 monovolumes de 7 lugares
– 7 bicicletas de 2 lugares
– 1 mini, para quem se lembra do concurso televisivo de há alguns anos
– 1 quatro com e 1 oito com, ressalvando que, se fossem por água para a AG, poderiam virar na primeira remada, tal a experiência de remo de alguns dos delegados presentes…

Anúncios

9 Responses to “Bilhetes esgotados para os U2”


  1. 1 ÁGUIA ATENTA 15/11/2009 às 19:36

    Orgulhosamente (quase) sós.
    Quase, porque o “NQL” ainda não conseguiu arranjar pretextos para escorraçar os dois rebeldes que ainda estão representados entre os seus queridos e domesticados clubes. Dizem as más linguas que no próximo mês de Janeiro, mês da indicação dos delegados para as AG’s de 2010, o “NQL” vai impôr mais algumas regras à admissão dos ditos cujos, a enunciar:
    1 – Nenhum delegado pode ter mais de 1,55 m (o “NQL” tem ficado com dores na nuca de tanto olhar para cima, isto para não falar dos artelhos, que os tem de pôr de molho de tanto se pôr em bicos de pés)
    2 – Têm de provar que nunca tiveram ligações nem simpatias com o remo (olimpico, claro)
    3 – Jurar pela sua saude que nunca leu um blog ou escreveu um comentário, aliás, deve jurar que nem computador tem.
    4 – Se não souber ler nem escrever, então sim, entre no EDEN sem passar pelos multiplos crivos
    AH, parece que já anda tambem a fazer a folha ao presidente da AG; então não parece que o senhor lhe anda a fugir ao controlo?

  2. 2 Centrista 16/11/2009 às 10:46

    É o princípio do fim.

    Alguns já abandonam o barco!

    O naufrágio está eminente.

    O que restará do Remo Nacional?

    Escombros… muitos escombros!

    Espero que as memórias não sejam curtas e que os responsáveis por acção, omissão ou simples compadrio interesseiro não deixem de ser responsabilizados e sansionados, se for o caso, na justiça.

    Eu já tenho as listas. E, pessoalmente, porei todo o meu empenho para que os que armaram a cantareira paguem com “língua de palmo” o mal que fizeram ao Remo.

    Há várias listas:

    1) A lista dos que comandaram (com os RM à cabeça);
    2) A lista dos oportunistas (parquedistas e que tais);
    2) A lista dos acomodados (gente sem eira nem beira que, assim, conseguiram o que nunca conseguiriam por mérito: treinadores, dirigentes e atletas);
    4) A lista dos que omitiram (gente que olhou para o lado para não se dar ao trabalho de fazer a sua obrigação).

    Vai ser de “faca e alguidar”. Asseguro-vos!

  3. 3 Nortenho 16/11/2009 às 14:11

    Pois é caros amigos,

    Pode-se considerar a AG do 1/3.

    Estiveram representados 1/3 dos clubes que efectivamente remam.
    Estiveram representadas 1/3 das Associações de Classe.

    O barco está à deriva.

    Quanto ao resto o melhor é nem falar porque efectivamente já muita tinta correu.

    A ver vamos o que o futuro nos reserva.

    O remo está mesmo de rasto.

    Vamos lá a ver se aparece no meio do nevoeiro um D. Sebastião que venha colocar ordem na modalidade.

    Abraço

  4. 4 EUROPEU 16/11/2009 às 22:52

    senhor, foi quem conseguiu não ser apanhado nas “…coisas que teremos que mudar…” NQL DIXIT.

  5. 5 Centrista 17/11/2009 às 14:21

    Esta não percebi um chavelho!

    Oh “Europeu” esmiuce lá mais a coisa. É que eu não estive na AG na Capital do Remo Português.

  6. 6 EUROPEU 19/11/2009 às 23:45

    Pois, mas não dá para explicar muito bem. Mas vou tentar.
    O representante do Galitos não pode votar ou representar o seu Clube, porque não faz parte da Direcção do clube mas sim da Secção Nautica (Remo). Os desregulamentos (escrevo de proposito esta palavra)não o reconheceram como dirigente do clube que rema. Estas são as “…coisas que teremos que mudar…”

  7. 7 Jorge Nascimento 21/11/2009 às 15:49

    Amigo EUROPEU, de facto, e estupidamente, foi exatamente isso que aconteceu. O Clube dos Galitos, prestes a fazer 106 anos, vê-se afastado pela primeira vez na sua história, de fazer chegar a sua voz ao orgão máximo da FPR. Por curiosidade refiro que entre desporto, cultura e recreio, o Clube dos Galitos tem nove secções. Nos seus Corpos Sociais nomeadamente na AG, Direcção e C.Fiscal, não estão representados nenhum dirigente das secções.
    Os motivos que levaram a que o Presidente da Secção Náutica do Clube dos Galitos, com pratica ininterrupta de remo olimpico à cerca de 90 anos, não possa estar presente em AG’s, são obvios e devidos a um regulamento da estrita responsabilidade do presidente da FPR que tem como única prioridade afastar adversários e opositores. Os factos ocorridos na última AG são mais que suficientes para demonstrar esta afirmação, cerca de um sexto dos 63 delegados de clubes estiveram presentes. Nenhuma das outras federações desportivas em que o Clube dos Galitos tem lugar, levantou o mínimo problema. Já agora, e porque suscitei este assunto num outro comentário pedindo uma resposta ao RM sobre este regulamento, à falta de resposta do referido senhor, concluo que tambem nestes assuntos manifesta uma ignorância preocupante. Refiro-me à imposibilidade de clubes tutelados por forças militares de estarem representados em AG’s. Eu explico: nos ramos das Forças Armadas, só há um Comandante, o Chefe de Estado Maior, tudo abaixo deste senhor trabalha por sua delegação, o que de forma grosseira nos leva de novo ao Galitos. Clubes militares, clubes com multiplas secções, trabalham todas de modo idêntico, por delegação da sua direcção. Acho que chegou o momento do RM rever este regulamento e corrigir as asneiras que cometeu, devolvendo um pouco de transparência à imagem turva e opaca que está a criar ao remo português. Recordo uma afirmação de um histórico dirigente do remo dos Galitos que foi tambem Presidente da FPR: ” as maiorias ganham-se nas AG’s “. Será que estou a pedir demais ao actual presidente?

  8. 8 Centrista 23/11/2009 às 17:48

    Finalamente!

    Agora já viram os reais objectivos do “Bokassa de Buarcos”?

    E tudo porque se convenceu que o Europeu lhe vai limpar o passivo nas contas da FPR.

    É a fuga em fente.

    Pois! Pois!

    Fia-te na virgem e não corras!

  9. 9 EUROPEU 23/11/2009 às 18:58

    Os campeonatos da Europa não dão lucro. Espero que os € que a tutela atribuir sejam suficientes para uma organização que se espera seja, no minimo, representativa do remo que já se fez em Portugal. Ainda se lembram das contas da Coupe em 2002, e agora é X 3 pelo menos.

    A ver vamos!!!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: