“Rei” D. Henrique

O Infante D. Henrique merece ser chamado de “Rei” D. Henrique. Que rico posto náutico.
Dr. Jekyll & Mr. Hyde foram convidados para a inauguração e marcaram presença. Encontraram diversas personalidades do remo nacional, mas não encontraram o Nosso Querido Líder. Parece que o convite se perdeu na volta do correio. Mas a presença do Major (desta vez sem frigoríficos para oferecer aos eleitores) bastou para esquecer outros egos…
Ainda assim deu para ver que há quem caminhe com um rumo e passos seguros. Nem tudo é mau no remo português. Os nossos dissecadores atrevem-se a dizer que o Infante é um dos candidatos às vitórias em todas as regatas em que participe, bem aproveitadas as condições físicas, a competente equipa técnica e a direcção com maior capacidade do remo português (anos-luz à frente da FPR).
Na visita às novas instalações, Dr. Jekyll gostou principalmente do centro de estágio, com capacidade para 44 atletas, diz que lhe faz lembrar o Pocinho. Mr. Hyde diz que é verdade, que as camas fazem lembrar o Pocinho, lá também as há. Mas que se quedam por aí as semelhanças.
Mr. Hyde termina dizendo que a FPR poderia ter aproveitado estes anos de franca amizade com o Secretário de Estado para dinamizar a recuperação de várias aberrações espalhadas por esse país a quem alguns chamam “posto náutico”, tendo como expressão maior a barraca do CIM na pista de Montemor (já vimos ciganos com garagens melhores). Mas, quando se anda ocupado em remar contra quem rema bem e a aliciar quem não rema para garantir a cruz (ou o braço no ar), o tempo não sobra para aquilo que é verdadeiramente importante…

05102009_001

PS: os nossos dissecadores agradecem o envio das fotos do evento por um paparazzi que dispensa os créditos. E aproveitar para solicitar uma participação mais regular dos e-leitores para anatomiadoremo@gmail.com.

2 Responses to ““Rei” D. Henrique”


  1. 1 O sulista 17/10/2009 às 18:58

    alguém me sabe dizer porque é que a Associação de Remo do Distrito do Porto se demitiu?

  2. 2 Nortenho 17/10/2009 às 22:14

    Não foi a Associação de Remo do Porto que se demitiu, mas sim três elementos que integravam a Direcção. A saber: Vice-Presidente, Secretário e Vogal.
    Neste momento desconhece(m)-se o(s) motivo(s) que levou(aram) à demissão em bloco dos dirigentes da ARDP.

    Abraço


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: