Obesidade

Chega de doces conventuais! Dr. Jekyl & Mr. Hyde já engordaram alguns quilos, tantas são as ofertas… Vá, só mais um pastelinho!

carta_aberta_a_fpr

Advertisements

21 Responses to “Obesidade”


  1. 1 Goldslide 21/03/2009 às 15:48

    Literatura

    Novas edições nas bancas:

    “As malandrices da FPR” – Nova edição de 980 páginas e cinco volumes, (letra Arial 8)

    “Coisas boas feitas pela FPR” – Nova edição de duas páginas, (letra Arial 20)

  2. 2 RumoAoOlimpo 21/03/2009 às 22:44

    E a saga continua!

    Mais um campeonato e mais uma verdadeira palhaçada para o remo nacional! Além dos habituais judas que já conhecemos parece que temos mais um sócio no clube (ARCO).

    É incrivel como é que ainda podem julgar que este tipo de atitudes vai contribuir para a evolução da modalidade, a não ser que hajam intereses que todos nós desconhecemos. Creio que para rematar tudo isto só falta aparecer mais uma associação regional (Associação de Remo Vinhateiro) composta pelos clubes: Remo Peso-Regua; Clube Náutico Pinhão e outros; pelo aumento do numero de clubes que compõem a ARBL (Clube Águas Bravas de Soure; Náutico de Alfarelos; Sport Aquático Vinha da Rainha) e culminando com um projecto de juntar os desportistas do Sobral Cid e Quinta de Arnes e ainda transferir os atletas do remo adaptado de Soure para o remo olimpico num clube novo – Clube de Remo Xanax.

    A juntar a isto temos ainda a história da treta que 2 clubes tentam vender para justificar as suas participações nesta farsa – Sport e AAC, ao afirmarem que um rema se o outro remar.

    Só quem é otário é que vai acreditar nisso. Porque não assumem de uma vez por todas o que têm a ganhar com isto? Porque não assumem uma suposta reunião entre o 2XHL do Sport com a FPR
    e o presidente do COP com uma oferta de um barco por parte da FPR ao Sport se os problemas fossem postos de lado (se for verdade acho que vou também passar a ter problemas com a FPR para ver se ganho algum)e na facilidade com que esta tripulação negociou com a FPR a sua participação em provas internacionais
    E a AAC que tanto tem crescido, falta só saber à custa de quem? Quais as negociatas que tem com o ex-treinador? E os restantes
    clubes que alinham nesta farsa?

    Convido todos a denunciarem todas as histórias, rumores, incertezas que conheçam para que possamos ir acompanhando mais atentamente estes clubes/beneficiários.

  3. 3 a.s. 23/03/2009 às 0:45

    porque não começas por denunciar a tua identidade?RumoAoOlimpo

  4. 4 RemoNoSeuMelhor 23/03/2009 às 0:52

    Mas uma vez um fim-de-semana ao mais alto nível para o remo português…
    Não deixando de ter novas novidades… entre elas o novo cargo que o Rascão Marques o nosso presidente instituiu ao Santos (pelo menos enquanto não tem nada para fazer) que é tomar conta das Sandes da F. P. R., um trabalho que este fim de semana ele já comprido com uma eficácia nunca vista (nesta Federação). Tendo apanhado um atleta do Sport com a mão numa sandes… e só não chamou a GNR para ele ser identificado ou ate ser preso….Por ser tratar de um atleta de Sport… (clube que neste momento se encontra nas boas graças do Rascão) e também para dar uma ideia de estabilidade económica recusou o dinheiro que o atleta se disponibilizou a pagar pela sandes(se calhar uns trocos que ate faziam falta)….E na minha humilde e anónima opinião este é o cargo ideal para o Santos…

  5. 5 José Silva 23/03/2009 às 10:32

    Denunciados à Polícia Judiciária precisavam todos vocês de ser.

    Seus ditadores salazarengos!

    Mas vão caír. Podem ter a certeza que, mais cedo ou mais tarde, vão cair. E então!!!! Então nem perto do remo poderão chegar!

    E pensar que ainda há dirigentes de clubes de remo que vão na conversa. Vocês ainda não viram que ele quer é tacho. Ele quer é chegar onde não chegou com trabalho e estudo?

    Mandem-no mas é de regresso ao balcão da finanças. Que é o lugar dele.

  6. 6 Goldslide 23/03/2009 às 18:06

    Comunicado da BT:

    “Comunicamos que no dia 4 de Abril, Sabado de manhã, vai haver entre as zonas de Soure e Montemor-o-Velho, uma afluencia invulgar de autocarros cheios de senhoras.

    Não se trata de nenhum movimento feminino, mas sim de deslocação para a AG da FR, que se realiza nessa manhã naquela simpatica vila do Baixo Mondego.

    Agradecemos aos Srs automobilistas que facilitem a passagem dessas excurs…dizemos, delocações, tudo em nome do desporto nacional.”

  7. 7 José Silva 24/03/2009 às 9:48

    Vai ser mais um movimento invulgar de “rolinhas”. Um movimento migratório, dizem alguns!

  8. 8 José Silva 24/03/2009 às 9:49

    Será que a AG em Montemor-o-Velhio tem algo a ver com a usurpação do voto do Infante de Montemor? A quem será passada a credencial desta vez?

  9. 9 O Advogado 24/03/2009 às 10:39

    Alguns esclarecimentos que se deixam porque há muito gente que fala mas não lê os papéis.

    Os Encontros Nacionais e Campeonatos Nacionais do passado fimd-de-semana e os dos dias 14 e 15 de Fevereiro não são válidos. Não passaram de umas provas ntre “amigos”. Coisa afeijões.

    Portanto esqueçam os subsidios e o pilim dos pontos. Porque não há pontos para ninguém.

    Porquê?

    – Porque não houve júri. Tão simples quanto isso.

    Têm dúvidas? Então leiam com muita atenção o Capítulo VII do Código de Regatas Nacional (do art. 82º ao 95º). Podem consulta em:
    http://www.remoportugal.pt/userfiles/file/CODIGO_DE_REGATAS_NACIONAL_VERSAO_2006.pdf

    – nº 1 do art. 82º – O júri, para quaisquer provas, independentemente da sua natureza, dimensão ou âmbito, é sempre nomeado pelo Conselho de Arbitragem, no uso das competências que lhe são conferidas pelo artigo 30º dos Estatutos da Federação.

    – nº 3 do art. 82º – Só podem ser nomeados os árbitros que sejam detentores de licença para o ano em curso.

    – Composição do Júri
    Artigo 85 º – Provas Nacionais
    1 – O Júri é composto por pessoas, nomeadas pelo Conselho Nacional de Arbitragem, que desempenharão as seguintes funções
    a) Presidente do Júri
    b) Juiz de largada
    c) Alinhador
    d) Juiz árbitro
    e) Juízes de chegada, dos quais um responsável
    f) Responsável e membros da comissão de controlo

    3 – Os juízes de largada, alinhadores, juízes árbitros, juiz responsável na chegada e o responsável da comissão de controlo devem ser titulares de licença de árbitro regional ou nacional. (os colaboradores da FPR que arbitraram têm licença de árbitros?)

    – Artigo 86º – Presidente do Júri
    1 – As funções de Presidente do Júri devem ser desempenhadas por um árbitro experiente, que se ocupe activamente das questões da arbitragem e seja detentor de licença para o ano em causa. (O Rui Faria? Experiente? Ops!)
    3 – Dirige as reuniões de delegados e do júri, assegura a coordenação com a Comissão Organizadora e apenas recebe instruções do Conselho de Arbitragem. (leram bem?)

    – Artigo 92º – Relatório do Júri
    1 – O Júri reúne-se no final da regata e elabora um documento no qual figurem as classificações das diferentes provas, em anexo, assim como um relatório sobre o desenvolvimento das mangas, os incidentes e protestos surgidos e as sanções aplicadas.
    2 – Este relatório, destinado ao Conselho de Arbitragem é assinado pelo Presidente do Júri e pelos árbitros e deve ser enviado ao C.A. no prazo máximo de 72 horas.

    Já foram entregues os relatórios? pelo que se sabe, não.

    Este é o Relatório de onde constam os resultados “oficializados”.

    Portanto, a ter sido ou serem elaborados por alguém (será pelo Rascão?) o Conselho de Arbitragem nunca o poderá aceitar porque é nulo. Nulo porque elabordo por júri não nomeado pelo C. de Arbitragem. Único com competência para tal. E escusa o Rascão Marques de vir com nuances de entendimento dizendo que os campeonatos se desemrolaram com o júri nomeado pelo C. de Arbitragem “auxiliados” pelos “colaboradores da Federação”. A verdade é só uma: Júri legalmente constituído não existiu. Esse, maioritariamente, não compareceu, tendo havido aviso prévio. Portanto, os resultados nunca poderão ser oficializados. E para isso não basta publicá-los no sítio da FPR. Acreditem!

    O que significa que acabou de se gerar mais uma ilegalidade a derimir nos órgãos competentes.

    Mais uma vez houve quem se deixasse enganar pelo Rascão Marques.

    É bom que tudo isto se resolva antes de outros campeonatos. Senão, o ano de 2009 vai ficar no história do Remo como a no dos campeonatos zero.

    Garantido!

  10. 10 Zé Lampreia 24/03/2009 às 11:01

    Primeiro foram as medalhas que viraram caricas.

    Agora parece que são os troféus que viraram uma latas reviradas.

    Assim se compensam os luxos de alguns!

    Será possível cair mais baixo?

    Esperemos pelos próximos capítulos.

  11. 11 Nortenho 24/03/2009 às 13:29

    Deixemo-nos de falar de coisas tristes… Como é lamentável ver o remo no estado em que está. Neste fim de semana e caso não fosse a presença da AAC e Sport Clube do Porto os campeonatos disputados mais pareciam um encontro de amigos… Também foi bonito ver o Presidente da Antremo (diria mais anti-remo) a arbitar provas. Um cenário mais que lamentável para o remo Nacional… E foi ver o Sr. Rascão Marques e Cª., a distribuir medalhas e troféus como se nada fosse… Parece que tudo está em perfeita harmonia… Lá continua o remo no seu melhor e na sua caminhada para o precipicio…

  12. 12 Zé Lampreia 24/03/2009 às 14:08

    Um dia destes teremos árbitros a treinar e dirigentes e treinadores a arbitarar.

    São a metamorfoses do remo.

    E há sempre quem se disponha a participar nesta fantochada. Clubes, treinadores e árbitros. Enfim! Um dia serão chamados à responsabilidade.

    Pelo que me toca, não lhes perdoo o mal que estão a fazer à modalidade.

    De resto se isto se mantiver por muito mais tempo, setou fora.

    Vou à minha vida que não tenho estômago para conviver com gente desta.

  13. 13 Luís 24/03/2009 às 15:37

    Um amigo mandou-me uma daquelas coisas que fazem pensar. Era a propósito do holocausto. Aquilo que um idiota de batina há pouco tempo negava com o beneplácido do Papa.

    E continha um pensamento de Edmund Burke (Filósofo Britânico do Séc. XVII):

    “Tudo o que é necesário para o triunfo do mal, é que os homens de bem nada façam.”

    Porque será que isto me faz lembrar o que o remo está a passar?

    Porque há pessoas que cruzam os braços perante o que se está a passar fazendo com que, por inépcia ou puro egoísmo a nossa modalidade se estja a afundar de dia para dia?

    Será que o imediatismo de uns pontos num ranking que nunca o chegará a ser justificam isto?

    Mas o mesmo filósofo, também disse:

    “Os que têm muito a esperar e nada a perder são sempre perigosos”.

    Pensem nisto, senhores dirigentes. Pensem nisto.

  14. 14 Rower 24/03/2009 às 22:21

    Dr Jekyll diz que o que está a dar é levar infantis para um nacional e depois voltar com eles para casa. Alguns clubes tem adoptado este novo sistema de hangariação de atletas. Parece que os cachopos assim ficam com mais sede de remar que nunca e até chamam os amigos para estas visitas a pista!

    Mr Hide interrompe. Diz que agora com o novo exemplo do ex-candidato (pois.. ex porque ja foram as eleições ha muto tempo) o que está a dar é os atletas mandarem nos dirigentes.. Mesmo com a participação do CFP o atleta esteve ausente por “compromissos inadiaveis”.. E lembra que se um dia estiver no poder qualquer atleta poderá contestar as suas decisões!

  15. 15 Luís 25/03/2009 às 10:03

    Tadinho! Este rower perdeu mais um neurónio. Só já lhe restam dois.

    Já agora: só os ditadores não admitem a discussão da suas decisões. Assim tipo o indivíduo dali para os lados de Buarcos.

    Mas se quer ver o estado em que o putativo Exmoº. Senhor Presidente da FPR, Rascão Marques (vénia) pôs o Remo, não perca a AG do próximo dia 4, em Montemor. Vai ser um must! Já estou aqui a “aquecer as turbinas” e a rever os meus conceitos de contabilidade e de análise económica e financeira. Nem queira saber. Vai ser de “faca e alguidar”!

    No fim, nem o S. Laurentino nem o Beato de Soure lhe vão valer.

    Mas vá cedinho, ou até na véspera, porque se prevêem grandes engarrafamentos. Sobretudo se vai dos lados de Soure. Consta que todas as viaturas da C M de Soure já estão todas reservadas para transportar as “rolinhas”, também conhecidas por “rasconetes”.

    São votos a rodos do verdadeiro Remo Português, na nóvel concepção “rasconídea” da nossa modalidade (ele nem precisa das pessoas do remo par gerir o remo – Rascão dixit).

    Ou será que o rower, afinal vem dos lados de Lisboa/Pinhal Novo?

    Hummmmmm!

  16. 16 António Martinho 25/03/2009 às 10:18

    Formativo, pelo que se vê, é dizer aos cachopos que é legítimo a uma federação cometer ilegalidades, desrespetar as regras da democracia e da sã competição.

    Isso sim, é educar os homens e mulheres de amanhã.

    Isso sim, é inculcar-lhes uma sólida formação ética.

    Isso sim, são os verdadeiros valores desportivos.

    Isso sim é quilo que nós gostamos que eles venham a ser: uns déspotas!

    Tenha juízo Rower!

    O que são umas remadas comparado com o facto de, a propósito de um projecto pessoal de poder, se estar a afundar uma modalidade?

    Procure encontrar o verdadeiro valor das coisas nos seus fundamentos. Não seja fútil e superficial. Mais que tudo, o que o disse, revela uma profunda desonestidade intelectual.

  17. 17 Goldslide 25/03/2009 às 10:44

    Novo aviso da BT

    “Informam-se os Srs automobilistas que a partir das 5h da manhão de sabado dia 4 de Abril, serão condicionadas as estradas de acesso a Montemor-o-Velho, principalmente as que permitem circulação entre as duas simpaticas vilas: Soure e Montemor.

    Se por acaso avistarem uma grande quantidade de batedores em alta velocidade que abrem caminho para uma viatura de individualidades tambem em alta velocidade, devem parar logo para deixar passar o Sr Presidente da AG da FPR, que se dirige para a referida Assembleia. (No banco de tras o inico de um novo livro no prelo: “Mias uma vitoria: Como eu consegui aprovar as contas da FPR no dia 4 de Abril”

  18. 18 Rewor 25/03/2009 às 10:48

    Enquanto nós por cá andamos a distribuir uns tristes títulos nacionais, em regatas de 2km feitas a meio do mês de Março, em Itália faz-se o 1.º meeting mas apenas a meio do mês de Abril e claro com pesos diferentes dos normais para os pesos ligeiros:

    É só descobrir as diferenças…

    http://www.canottaggio.org/bandi/2009/1_meeting_naz_piediluco/1%20Meeting%20Nazionale%202009%20-%20Peso%20Pesi%20Leggeri.pdf

  19. 19 António Martinho 25/03/2009 às 11:27

    Pois é! Pois é!

    É que se bem repararem, o documento está assinado pelas:

    La Commissione Tecnica Nazionale
    e pela
    La Commissione Direttiva Arbitrale
    Traduzindo :

    «A Comissão Técnica Nacional» coisa que não existe formalmente em terras lusas. Como sabemos é o Rascão que assina tudo. Afinal, ele é o SENHOR PRESIDENTE!

    «A Comissão Directiva Arbitral» é aquela coisa que tem a ver com os árbitos que, como sabemos, na elevadíssima opinião do SENHOR PRESIDENTE, são os malvados da triste história do remo português.

    Como sabemos o SENHOR PRESIDENTE sabe de tudo, sabe de tudo e decide tudo. É do tipo Hugo Chavez. Será que ele também vai procurar descobrir uma maneira de se eternizar no poder? Cá por mim já começou! E há gente no Remo a quem isso agrada. Sabe-se lá a troco de quê! Realmente há gente capaz de vendar a “alma ao diabo” por meio tostão furado. Ees lá sabem porquê!

    Certo é que, um dia destes, o SENHOR PRESIDENTE não vai ter nada de que ser PRESIDENTE. Pelo menos do REMO.

  20. 20 Nortenho 25/03/2009 às 12:48

    Nada de alarmismos pessoal, não é caso para desistir, mas sim de continuar a batalha em prol do desenvolvimento do remo e da legalidade.

    Nesta A.G. é que vamos ver quem é quem…

    A votação não é secreta (logo não podem dizer que são contra R.M. e votar R.M.), é de braço no ar, vai dai temos que:
    – Ou os dirigentes e/ou representantes dos clubes se assumem…
    – Ou inventam uma impossibilidade qualquer para não estarem presentes e não se fazem representar (porque alguém se esqueceu de providenciar uma credencial…)

    Vamos lá pessoal que a luta vai ser renhida…

  21. 21 Goldslide 25/03/2009 às 14:00

    Ultima hora:

    “Segundo informação de fonte segura, a AG do dia 4 de Abril vai primar pela transparencia, e legalidade: todas as votações serão feitas de braço no ar, bem levantado, para não haver confusões.

    A reunião será feita numa sala especial e reservada para o efeito. Apesar disso, como é uma sala interior que depende dde iluminação, caso no momento da votação faltar a luz electrica, a mesa não se responsabiliza e conta os votos mesmo ás escuras. Confere-se assim, uma total garantia de imparcialidade e neutralidade”.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: