Pergunta indiscreta

Quantos atletas de remo representarão os clubes que votaram na lista A? E em percentagem?
O prémio para a resposta mais aproximada receberá uma credencial de 9 votos para votar na próxima AG.

9 Responses to “Pergunta indiscreta”


  1. 1 Jose Silva 23/02/2009 às 17:03

    Olha que ha muitos remadores adaptados e seniores (velhos)! Mas como temos 1700 remadores federados (dizem) diria que devem ser nao mais do que 500!!! 🙂
    Mas a pergunta que deverias fazer seria “quantos amigalhacos e jantaradas representam os clubes que votaram na lista A?”

  2. 2 Nortenho 23/02/2009 às 19:28

    Por certo que ainda serão alguns: – Sensivelmente 1/3 dos clubes no activo votaram A. Perante certezas e incertezas e com as devidas deduções poderemos afiançar algumas dezenas e se a este numero juntarmos o remo adaptado e o indoor a lista A poderá levar vantagem até porque no meio da contagem podem aparecer alguns caçadores, pescadores, jogadores de sameirinha etc, etc, etc… Mas em termos de remadores a sério, daqueles que remam propriamente dito, ai sim a lista B leva grande vantagem.
    Ao contrário do José Silva não penso que o prémio sejam jantarads, antes pelo contrário: que material vai adoçar a boca dos clubezecos: Emparchers; Filipis; Vespolis, Hudsons…

  3. 3 Fernando Simões 23/02/2009 às 20:10

    >É lamentável que a miopia intelectual, a falta de carácter e a desonestidade da direcção cessante da FPR tenha propiciado condições por forma a impôr a “continuidade”. Eles usurparam assim a possibilidade e o direito de quem realmente promove a prática e de quem pratica REMO para decidir como e por querem ser representados.
    >A prática delineada pela direcção cessante para impôr a vitória(?) da “continuidade” consta do manual “princípios de um ditador”. É uma prática comum e tipica de gente sem principios, de pessoas desesperadas, de quem não respeita nada nem ninguém, de gentalha que não hesitará em abater quem se lhes tentar opôr. Que o digam os nossos atletas que ao longo do último mandato da FPR foram das suas principais vítimas.
    >Mas os Árbitros, com a sua tomada de posição no último Nacional de Veteranos em Montemor-o-Velho, demonstraram dignidade de classe, coragem, sentido de responsabilide pela modalidade e respeito pelos REMADORES. Penso mesmo que foi a primeira batalha da longa guerra que se avizinha para correr com a incompetência da “continuidade” dos destinos da FPR.
    >No futuro, pede-se aos Árbitros a mesma firmeza de posições. Pede-se-lhes que dignifiquem a classe. Pede-se-lhes ainda que continuem a respeitar o Remo Nacional.
    >Se queremos empurrar esta escumalha para fora dos destinos da FPR a luta vai ser dura. Quem usurpa o poder da forma desonesta que a “continuidade” o usurpou, só sai pela força. Lembrem-se que eles vão lutar desesperadamente para manterem o tacho. Não se esqueçam que eles não querem o poder para servir o Remo, eles querem-no para satisfação de caprichos pesseoais.
    >Correr com os vedilhões do nosso TEMPLO significa luta. Luta significa sacrifícios. Se estivermos dispostos a sacrifícios temos de nos consciencializar das várias batalhas que se nos vão deparar. Como quando o mar bate na rocha quem se licha é o mechilhão, nesta luta os primeiros prejudicados são, muito em especial, os atletas.
    >Nos próximos Nacionais da modalidade: -Pede-se aos ÁRBITROS a mesma firmeza demonstrada no Nacional de Veteranos; -Pede-se aos atletas compreensão e solidariedade para com a tomada de posição dos Árbitros; -Aos dirigentes que lutam pela dignificação do REMO, pede-se também solidariedade e respeito pela posição da Arbitragem.
    >Isto penso que será a próxima batalha. Se assim procedermos estaremos a demonstrar solidariedade a quem deu a cara (e o corpo) por verdadeiras mudanças no REMO e estaremos a dar mais um passo no caminho para a vitória.

  4. 4 Apelo 25/02/2009 às 1:41

    Apelo a todos os árbitros, que a partir de agora sejam tão rigorosos como foram no Encontro de Veteranos.
    Se a Federação é rigorosa, os árbitros, como parte integrante da mesma (apesar de não serem reconhecidos) tem que lhes seguir as pisadas e ser rigorosos!!!
    Isto se a partir de agora os árbitros que realmente estão no activo forem convocados para as regatas. Até porque o novo Conselho de Arbitragem é composto por pessoas que já não estão no activo há alguns anos ou por puros desconhecidos, que nunca ninguém ouviu falar!!
    E o Sr. RM alega por aí que vai formar muitos árbitros. Daqueles que nunca ouviram sequer falar de remo, que pensam que remo é aquela coisa que se faz com pagaias ou que nem sabem que remo se pratica no rio…
    A seguir pela beleza que se viu desfilar nas eleições, o remo vai passar a ser Fantasma, com clubes, remadores e árbitros fantasma!!
    Só mesmo o RM é que continua a ser uma realidade.

    Só quem está no activo pode mudar isto.
    Por isso Apelo aos árbitros rigor e cumprimento na integra dos Regulamentos.
    Apelo aos clubes boicote a todas as Regatas organizadas pela FPR. Se o RM ganhou às custas dos clubes, então que reme quem nele votou!!!
    Esta tendência só pode mudar por quem realmente está interessado no remo como desporto e não como campo politico e de interesses, por isso lutem e mudem.

    Fica o Apelo!!!

  5. 5 Rower 25/02/2009 às 18:58

    Ate agora concordei.. mas esta guerra esta a tornar-se um grande mau perder.. perdemos pronto… agora so nos resta ajudar a que estes 4 anos corram o melhor possivel

  6. 6 Álvaro Branco 25/02/2009 às 21:24

    Não são 4 anos. É um ano e meio, se não for derrotado na repetição das eleições ou se não for exonerado em Ag.

    Mas, meu amigo “rower”, o que está em causa não é isso. O que está em causa é a honestidade de processos. São os principios. Lê a carta do João Oliveiro. Ele como mais ninguém o sabe fazer, explica lindamente a coisa.

    Mas, para que estou eu aqui a gastar o meu latim. Claro que isto é comentário de encomenda.Pois não é esse o entendimento da esmagadora maioria do REMO PORTUGUÊS.

    É como dar pérolas a porcos!!!

  7. 7 Rower 26/02/2009 às 14:40

    Mr Hide começa a fazer contas de cabeça para tentar uma resposta lógica: Ora 1 associação JO outra RM.. aqui há empate, tendo em conta que a outra apenas se juntara para votar ou seja, em vespera de acto eleitoral.. Dr Jekyll diz que isso ja nao e jogo sujo.. so e considerado jogo sujo quando é RM a jogar..

    Ora passemos aos clubes.. dos clubes em actividade.. alguns prometidos a JO votam RM… porque será.. Pressão politica! Responde Dr Jekyll.. Mr Hide pergunta: De quem? JO ou RM… a dúvida paira..

    RM ganha em arranjar novos clubes de remo.. Mr Hide diz que é jogo sujo tentar arranjar mais seja o que for para o remo porque isto é bom quando sao so os velhos do restelo a mandar.. Dr Jekyll concorda. Bate na mesa e diz que assim já nao quer remar..

  8. 8 Rower_1 26/02/2009 às 21:21

    Oh Rower. Nem mereces resposta! Foi encomenda do Rascão?

  9. 9 Pescador 27/02/2009 às 16:14

    A dúvida paira????

    Só se for na sua mente de mentecapto!

    Pressões políticas:

    Montemor
    Coimbra

    Diz-lhe alguma coisa?

    Não perca os capítulos seguintes, caro Rower!

    Ah!ó mais uma coisinha: a APAR não é um “ajuntamento” de pessoas como a lista do Rascão.

    É uam Associação legalmente constituída.

    Embora o Rascão ache que não.

    Ele lá sabe!!!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s





%d bloggers like this: